Pular para o conteúdo

siga-me  

Feliz com a classificação, Tadeu revive gol em Murici, desta vez, com resultado positivo

26 de junho de 2017

Atleta faz sua quinta partida pela equipe Alvirubra e agradece o apoio da torcida

Tadeu em atuação contra o Sergipe (Foto: Canindé Pereira/América FC)

Por ASC | Assessoria Sport Club

Com cinco partidas e três gols, o camisa 9 Americano retorna ao precário estádio José Gomes da Costa, casa do Murici de Alagoas, revive gol, abre o placar e, desta vez, volta para casa com o resultado a favor de seu time. O primeiro feito no referido campo foi pela Copa do Brasil, no início do ano, quando ainda defendia o Juventude de Caxias.

Depois da partida, o atacante comenta sobre as dificuldades do jogo, suas atuações, união do time e apoio da torcida.

“A primeira vez que joguei neste campo também foi extremamente difícil, fiz meu gol, mas o resultado não foi favorável. O estado do campo é ruim, não te dá condições nenhuma de jogo e ainda te gera riscos, infelizmente é uma das dificuldades da série D, mas devemos agradecer pelo nosso desempenho e vitória. Estou feliz em ter contribuído mais uma vez”, comenta o atacante sobre a péssima situação do palco do jogo da noite do domingo (25).

O América de Natal fecha a primeira fase da competição com quinze pontos e a melhor campanha dos trinta e dois times que classificados no campeonato. Para Tadeu, tudo isso é resultado de um trabalho em equipe e dedicação de todos os envolvidos.

“O primeiro objetivo já cumprimos, que foi a classificação antecipada, agora, vamos focar para continuar no topo da tabela e trazer o acesso. O melhor de tudo é o entrosamento que temos, todos nós corremos na mesma direção e isso facilita muito para obtermos o resultado positivo dentro de campo. Quando existe dedicação e trabalho em equipe, a colheita é sempre satisfatória”.

Tadeu faz questão de agradecer a vibração vinda dos americanos no decorrer dos jogos e também fora deles. Prova desse carinho são os quase sete mil torcedores presentes nos jogos do Mecão na Arena das Dunas e, também, a interação nas redes sociais do jogador. Nos três jogos disputados em casa, aqueles que estavam no estádio não privaram o “gogó” e cantaram do início ao fim, tornando-se o décimo segundo jogador.

“Não tem como não se sentir acolhido e feliz com todo o carinho que é transmitido a mim e todos os jogadores. A torcida confia na gente, espera pelo o acesso e merece receber esse presente, eles são a energia que nos impulsiona”.

Nos últimos dois confrontos, um diante o Sergipe no dia 18, em que o camisa 9 anotou o primeiro gol da partida com apenas quatro minutos de jogo e o outro contra o Murici na noite de ontem, que, com muito custo, abriu o placar após dominar a bola recebida de Guilherme, o jogador enfatiza o trabalho do grupo.

“Sou centroavante, tenho, por obrigação, fazer gols, mas, se eu consigo concretizá-los devo agradecer aos meus companheiros que me servem, sem eles, não existiria gol. O mérito sempre será de todos”, finaliza.

A segunda fase da série D do Brasileiro começa no próximo domingo (02), contra o Comercial-MS. O famoso “mata-mata” terá jogos de ida e volta e, para o América, a decisão será em casa, devido a melhor campanha.

Jogadores do Mecão comemoram o gol de Tadeu contra o Sergipe (Foto: Canindé Pereira/América FC)